SAÚDE

#TEMCAMISINHANAFESTA

Estilozzo e Ministério da Saúde te alertam: divirta-se, mas com segurança

 

22.06.17 – Por Valter Lourenço
Foto: Ilustração

 


Acontece no próximo domingo, 25/06, a 20ª Parada do Orgulho LGBT de Brasília e paralelas ao evento acontecem diversas festas que celebram e exaltam a diversidade. Hoje já se somam muitas vitórias da comunidade LGBT em relação aos direitos conquistados junto ao congresso e ao STF. Agora ainda existe uma batalha que precisa ser vencida e depende da participação e apoio de todos e conta com a parceria do Ministério da Saúde, a luta contra o aumento dos casos de HIV/AIDS e infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).


O momento é de festa e celebração mas tem uma coisa que não pode ser esquecida de forma alguma, o uso da camisinha. O preservativo é presença obrigatória nas festas e fundamental para que todos possam se divertir sem correr risco de contaminação por ISTs. Para isso o Mistério da Saúde distribui gratuitamente camisinhas resistentes e seguras durante as festas e em todas unidades de saúde. A hashtag #TemCamisinhaNaFesta foi criada para propagarmos a campanha nas redes sociais e não deixar ninguém esquecer a importância do uso.

 


Para quem já está animado para curtir todo o agito da programação LGBT na capital federal, o Estilozzo em parceria com o Ministério da Saúde te dá dicas imprescindíveis. Em primeiro lugar faça o teste e fique sabendo sua sorologia, é gratuito, seguro e sigiloso. Todas as informações que você precisa estão no site aids.gov.br  e vale ressaltar que o tratamento do HIV é gratuito no Brasil. Sabemos que muita gente gosta de beber durante as festas e neste caso a atenção tem de ser redobrada, pois o álcool pode causar euforia e alteração no cérebro, o que pode acarretar em uma relação sexual desprotegida. Então já sabe, independente de ter bebido, tenha sempre um preservativo com você e faça uso, só assim venceremos essa batalha.


Hoje, graças a um grande número de pessoas adeptas ao uso de preservativos e muitos portadores de HIV/AIDS estarem se cuidando e tomando os remédios regularmente, a doença é considerada estabilizada no Brasil, com taxa de detecção em torno de 19,1 casos a cada 100 mil habitantes. O último boletim do Ministério da Saúde atesta que 827 mil pessoas vivem hoje com HIV/AIDS no país, desse total 372 ainda não estão em tratamento, sendo que 260 já sabem que estão infectadas e 112 mil pessoas não sabem que têm o vírus. Por isso fique sempre alerta e nunca esqueça de usar o preservativo, que é descartável e jamais pode ser usado mais de uma vez. Ah, e cuidado, quem acha que usar dois preservativos sobrepostos aumenta a proteção, está enganado, aumenta neste caso a probabilidade de estourar e te deixar vulnerável!


Agora vamos nos divertir!

 

Clique na imagem acima e saiba mais

 

 

Pin It
Nos Acompanhe
Facebook
Instagram
Twitter
 
 
Copyright © 2010 estilozzo. todos os direitos reservados